Kubica inicia primeiro teste com a Williams em Silverstone

A intenção principal do treino desta semana é fazer com que o piloto se habitue aos comandos do carro, além de testar pequenas adequações feitas para que Kubica possa guiar com suas limitações físicas (como, por exemplo, pequenos ajustes nos botões do volante e na alavanca de câmbio). O ex-chefão da F1 mostrou confiança nas habilidades do piloto polonês e ainda disse acreditar que ele poderia ter sido campeão mundial se não tivesse sofrido acidente de rali em 2011. Mentalmente, creio que ele provavelmente será mais agressivo do que naquela época: portanto, só consigo ver coisas boas para ele. Quanto a parte física, não vejo as lesões dele fazendo com que ele pare de correr. Será bom para a F1.

Ecclestone ainda declarou que a escuderia inglesa não pode perder a oportunidade de contar com Kubica caso Felipe Massa deixe e equipe. "Se eu fosse a Williams, tentaria convencê-lo a juntar-se". O time não tem ido bem como deveria. Se é culpa dos pilotos ou do time, eu não sei.

- O Nico confia nele tanto quanto eu.

Longe de se poder já falar de um regresso de Robert Kubica à Fórmula 1, o polaco realizou um teste com um Williams em Silverstone, do qual a equipa britânica não forneceu qualquer detalhe. O carro que ele utilizou, foi o mesmo usado por Lance Stroll durante alguns testes realizados este ano para que o canadense ganhasse experiência em circuitos que nunca havia pilotado.

Os tempos das voltas e outras informações sobre o teste não foram fornecidos.

O piloto polaco já tinha este ano realizado testes para a Renault, primeiro em Espanha com um monolugar antigo, e depois com o atual em Hungaroring, mas afastou a possibilidade de Kubica vir a integrar a equipa.

Edition: