Travesti é baleada na boca por cliente após programa em MT

Uma travesti foi baleada na boca e no braço por um cliente após realizar um programa na noite desta terça-feira (10), em Várzea Grande, Cuiabá. Ela e as outras cinco travestis são suspeitas de tentar roubar um cliente e desacatar policiais militares. Segundo a Polícia Militar, a vítima, Eliandro Brasilino de Morais, de 31 anos, foi atingida na boca e no braço.

A assessoria da unidade informou que a travesti já passou por procedimento cirúrgico e não corre risco de morrer.

O cliente fugiu depois de cometer o crime e ainda não foi encontrado pelas autoridades. A vítima, um homem de 41 anos, ainda teria sido agredido pelas travestis.

Ainda não se sabe o que teria motivado a tentativa de homicídio.

Segundo a polícia, foi recebida uma ligação de alerta sobre uma pessoa que estaria gravemente ferida com tiros no bairro Jardim Potiguar.

Os policiais encontraram a travesti caída no chão e chamaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Ela conseguiu explicar a situação, informando que vinha de um programa sexual com um cliente nas proximidades e que tinha sido deixada naquela rua após o encontro, local onde ele teria atirado. A vítima foi encaminhada ao pronto-socorro do município e o responsável pelos disparos não foi identificado. As placas do veículo não foram identificadas até o momento.

Edition: