Juninho é preso acusado de agredir a ex-namorada

Revelado nas categorias de base do Sport, o atacante Juninho foi preso na manhã desta segunda-feira acusado de agredir a ex-namorada, que preferiu não se expor. A delegada Ana Elisa Sobreira irá investigar o caso.

O advogado do atleta, Ernesto Cavalcanti, nega as acusações. "Estamos investigando o caso e analisando provas e elementos para ter certeza dos crimes". O jogador rubro-negro foi acusado de agressão física e ameaça de morte pela sua ex-namorada. "A gente tem que analisar isso, porque é a versão dele contra a dela", disse a delegada. No domingo, segundo ela, a situação teve seu estopim.

Um dos boletins é datado do dia 17 de agosto deste ano, quando o atleta teria agredido a ex-noiva com socos no estômago.

O atleta responderá por injúria, ameaça e lesão corporal. A garota de 20 anos disse que encontrou com o jogador em uma festa e foi convidada para ir ao seu apartamento. Eu disse a ele que sozinha não iria, aí ele me disse que por segurança levaria um amigo, quando a gente entrou no táxi eu disse que não iria dormir com ele, só iria conversar. "Ele veio com uma faca correndo atrás de mim". Só consegui escapar porque o amigo dele o segurou.

Cheguei a pedir socorro e uma vizinha chegou a ver foi quando eu desci e a polícia chegou.

O Sport ainda não trata o caso publicamente.

Em entrevista ao Blog do Torcedor, o vice do Sport, Gustavo Dubeux, afirmou que o problema de Juninho é particular. O relacionamento chegou ao fim há três dias, de acordo com a mãe da vítima. Por telefone, a assessoria de imprensa do clube informou que vai procurar mais informações sobre o assunto para poder se pronunciar sobre o caso.

Edition: