Austrália acaba com sonho da Síria de disputar Copa do Mundo

O time do Oriente Médio caiu na repescagem asiática após ser derrotado pelo Austrália, por 2 a 1, nesta terça-feira, em Sydney.

Perante 42.136 espetadores no estádio ANZ de Sidnei, a Austrália tinha tudo para resolver a seu favor o 'play-off', mas os sírios conseguiram travar o seu adversário e levaram a decisão para prolongamento.

Com a vitória, a Austrália disputará em novembro um confronto de repescagem contra o quarto colocado nas eliminatórias da Concacaf. Por conta da guerra civil no país árabe desde 2011, a seleção nacional é obrigada a mandar suas partidas na Malásia.

Ainda assim, a Síria conseguiu a façanha de terminar seu grupo nas Eliminatórias em terceiro lugar, graças a um gol nos acréscimos contra o Irã, e se classificar para os playoffs. E os sírios abriram o placar logo aos seis minutos de jogo, com gol do atacante Omar Al Somah.

O empate australiano não tardou. Com dez jogadores, os sírios não seguraram a pressão.

Com 37 anos, Tim Cahill se tornou o grande herói australiano ao marcar o gol na prorrogação que garantiu o sofrido triunfo. O 1-1 acabaria por perdurar até ao final dos 90 minutos, pelo que o jogo seguiu para prolongamento.

No tempo extra, e depois de a seleção síria ter ficado reduzida a 10 elementos, por expulsão por segundo amarelo de Mahmoud Al Mawas, aos 94, a Austrália chegou finalmente à vantagem aos 109 minutos, com o 'bis' de Tim Cahill, que assim se tornou no primeiro australiano a chegar aos 50 golos pela sua seleção. E o jogo acabou com um grande susto para os socceroos, que viram um livre direto de Omar Al Somah bater no poste.

Edition: