Rafael Oliveira e Vinícius não atuam pelo Náutico neste ano

Isso porque os dois sofreram graves lesões e estão vetados pelo departamento médico. O jogador se lesionou após disputar uma bola no jogo contra o Boa Esporte e rompeu os ligamentos do joelho direito.

"O Rafael (Oliveira) teve uma entorse no joelho que ocasionou na lesão total do ligamento cruzado do joelho direito e deve passar seis meses para retornar. Antes da cirurgia deve passar por fisioterapia para recuperar parte da amplitude dos movimentos", explicou o médico Luiz Marcelo, antes de confirmar o prazo de retorno.

"Vinícius teve um quadro de lombalgia recidivante".

Não bastasse a situação delicada que o Náutico se encontra na Série B do Campeonato Brasileiro, o técnico Roberto Fernandes sofreu uma baixa considerável para essa reta final.

Rafael Oliveira foi contratado junto ao Botafogo-PB no dia 15 de setembro como uma das apostas do Náutico para melhorar o rendimento do sistema ofensivo na reta final da Série B, mas teve tempo de disputar apenas três partidas (Internacional, Paraná e Boa Esporte). Com uma lombalgia crônica, Vinícius tomou um medicamento que é acusado no exame antidoping e dificilmente vai ter condições de defender o Náutico no restante da Série B, onde ele é o maior goleador alvirrubro, com quatro gols. Não da para ter uma previsão de volta porque, além da medicação tem o processo físico novamente a ser trabalhado. "Se voltar, é para a última partida", disse Luiz Marcelo.

O último jogo do Náutico na temporada é contra o Luverdense, fora de casa, no dia 25 de novembro. De acordo com o repórter, Leonardo Boris, o zagueiro Léo Carioca, por meio de exame de imagem, constatou uma lesão grau um, no músculo adutor da coxa direita e a recuperação pode durar de sete a 14 dias.

Edition: