Autárquicas: Comissão Política do PS reúne-se quarta-feira para analisar resultados

Um dia depois de António Costa ter reclamado para o PS "a maior vitoria eleitoral da sua história", a secretária-geral adjunta do partido, Ana Catarina Mendes, veio ilustrar com números definitivos o retrato do triunfo socialista nas autárquicas de domingo.

Esta posição foi assumida por Ana Catarina Mendes em conferência de imprensa, depois de confrontada pelos jornalistas com uma série de questões sobre as consequências políticas para o Governo resultantes do facto de a CDU ter perdido no domingo oito câmaras para o PS, algumas delas importantes bastiões comunistas, casos de Almada, Barreiro, Alcochete ou Beja.

Neste ponto, Ana Catarina Mendes defendeu que, na sequência dos resultados de domingo, "a solução de Governo está sólida e não sai beliscada destas eleições autárquicas".

"Foi uma vitória histórica que ninguém pode contestar", repetiu, depois de defender que os portugueses "corresponderam" ao pedido de "mais força para o PS", feito durante a campanha, "exprimindo vontade de continuar caminho" iniciado pelo governo socialista há dois anos. "Muitos acharam que não era possível chegar aqui", alegou ainda a "número dois" da direção dos socialistas.

"Ainda hoje tivemos a oportunidade de ouvir a CDU, na rádio Antena 1, dizer que não está em causa a solução governativa", advogou.

Questionada se o PS está preocupado com o resultado global negativo da CDU, Ana Catarina Mendes contrapôs que o seu partido "está muito satisfeito com o enorme sentido de responsabilidade que o resultado autárquico confere" aos socialistas.

Segundo a secretária-geral adjunta do PS, a confirmarem-se as projeções, Fernando Medina, autarca e candidato do PS, terá uma "grande vitória" em Lisboa, sublinhando tratar-se mesmo do "melhor resultado de sempre numa primeira candidatura do PS". "Atingimos todos os objetivos: mais votos, mais câmaras, mais freguesias, a liderança da Associação Nacional de Municípios e da Associação Nacional de Freguesias".

E por que motivo o PS ganhou tantas câmaras ao PCP? Mas Ana Catarina Mendes insiste que "a cidade não ficará sem soluções para prosseguir o projeto que tem para a cidade" e que Medina "saberá encontrar as melhores soluções para a governabilidade da cidade".

Edition: