Assembleia decide manter greve dos Correios

A reunião dos colaboradores ocorreu no bairro do Comércio, em Salvador.

A principal reivindicação é o chamado aumento de ganho real em cerca de R$300 reais, além do reajuste de valores como ticket-alimentação tendo como base os índices de inflação vigentes no país. Após o encontro, uma nova assembleia deve ser marcada para decidir o futuro do movimento. Apenas serviços com hora marcada, como o Sedex 10, por exemplo, foram afetados e estão suspensos.

Vale lembrar que o vice-presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro Emmanoel Pereira, declarou abusiva a greve realizada por funcionários dos Correios desde a semana passada.

A Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect) iniciou a paralisação nas suas bases sindicais antes de ser apresentada a proposta financeira, entre outras cláusulas que estavam sendo discutidas nas negociações. A decisão derruba a liminar concedida na última segunda-feira (25) que determinou a manutenção de 80% das atividades nas unidades da empresa. Segundo os Correios, os "empregados que aderiram à paralisação devem retornar aos seus postos de trabalho imediatamente".

Edition: