Daiello permanece à frente do comando da Polícia Federal

Em entrevista à TV Globo nesta sexta-feira, 15, o ministro da Justiça, Torquato Jardim, afirmou que Leandro Daiello vai permanecer no comando da Polícia Federal (PF) por mais um período. Torquato disse que ele fica na função "pelo tempo que for necessário".

Leandro Daiello está no cargo desde 2011, quando assumiu o posto a convite do então ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. As informações são do jornal Estado de S. Paulo. Precisamos dar continuidade à preparação da nova Política Nacional de Segurança Pública e à modernização da Polícia Federal com mais atuação em tecnologia e internacionalidade.

A manutenção de Daiello no cargo ocorre no momento em que Michel Temer e outros políticos de quilate do PMDB - incluindo ministros, senadores e ex-deputados - são alvos da Lava Jato e de ações da Polícia Federal. A pressão aumentou, nas últimas semanas, depois que a PF descobriu o "bunker" do ex-ministro Geddel Vieira Lima, com R$ 51 milhões. Além disso, o Planalto não escondeu irritação com o 'vazamento' de relatório da PF sobre o 'quadrilhão' do PMDB. As conclusões do inquérito serviram de base para o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresentar nova denúncia contra Temer, por organização criminosa e obstrução da Justiça. O próprio diretor-geral já comentou o desejo de colocar o cargo à disposição e se aposentar.

Edition: