Torcida organizada se reúne com jogadores do São Paulo

A ideia começou a ser pensada após um ofício enviado pelas organizadas Torcida Independente e Dragões da Real e o clube acertou os últimos detalhes nesta terça-feira.

A suspensão temporária das coletivas foi tema debatido em algumas das reuniões que ocorreram no clube na segunda-feira.

Depois, conversaram apenas os jogadores e, mais tarde, diretores do clube foram convidados a participar da reunião, que durou mais de uma hora.

Os torcedores chegaram por último -alguns a pé, outros de carro. Seguranças do São Paulo vigiavam o portão do CT, que no ano passado acabou arrombado durante protesto que terminou em invasão e agressão a jogadores.

Líder da Independente, Henrique Gomes, o Baby, falou brevemente com a imprensa presente no local para explicar as reivindicações do grupo. A torcida vai continuar apoiando até o fim, até completar 47 pontos. "Depois vamos procurar os culpados", disse.

Com a semana livre para trabalhar, o São Paulo volta a campo neste domingo, às 16h (de Brasília), quando terá o duelo direto contra o Vitória, que também figura na zona de rebaixamento, no Barradão, em Salvador. O time está na 19ª posição do Campeonato Brasileiro, restando 15 rodadas para o final. Com informações da Folhapress.

Edition: