Argentina recebe autorização para jogar contra o Peru na Bombonera

A Federação Peruana de Futebol (FPF) enviou um ofício à Fifa avisando que não quer jogar na Bombonera, um dos três estádios que estão no radar da Associação Argentina de Futebol (AFA) para o duelo com os peruanos. A liberação, no entanto, pode causar ainda uma 'briga' já que a Federação Peruana pediu nesta semana a FIFA para que não liberasse o estádio por conta da falta de segurança, relembrando o episódio entre Boca Juniors e River Plate pelas oitavas de final da Libertadores, quando um torcedor xeneize jogou spray de pimenta no túnel de acesso ao gramado do time rival. As seleções se enfrentam pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018 no dia 5 de outubro.

Se o jogo não for disputado na Bombonera, que ainda depende de uma autorização da Conmebol, a partida contra o Peru será disputada no Monumental de Nuñez (estádio do River) ou no Gigante de Arroyito, do Rosário Central.

Em 2012, a Argentina voltou a atuar na La Bombonera, mas dessa vez pelo Superclássico das Américas, quando bateu o Brasil nas cobranças de pênaltis.

A Argentina segue na quinta colocação da eliminatória sul-americana, posto que garante a ida para a repescagem contra a Nova Zelândia, campeã da eliminatória da Oceania. Então a vitória é de extrema importância, para as duas seleções. A razão? Criar um ambiente mais intimidante no encontro frente ao Perú, da qualificação para o Mundial 2018.

Edition: