Ex-BBB Laércio é condenado a 12 anos de prisão por estupro

Laércio foi acusado pelos crimes de estupro de vulnerável, além disso, ele foi condenado por armazenar materiais pornográficos, sendo fotos ou vídeos com conteúdo explicito de sexo, que envolve adolescentes e até mesmo crianças.

De acordo com o Ministério Público do Paraná (MPPR), o ex-participante do reality show foi condenado em agosto deste ano, mas a decisão só foi divulgada na tarde desta terça-feira (12).

Laércio está preso desde maio do ano passado acusado de estupro de vulnerável e de fornecer bebidas alcoólicas a menores de idade.

Segundo o site do Sistema Globo, ele foi investigado em fevereiro e preso em maio de 2016 após as acusações. A adolescente vítima que, na época, tinha 13 anos, confirmou o envolvimento com Laércio.

Conforme a delegada Daniela de Andrade, as investigações apontaram que o ex-BBB manteve uma espécie de "relacionamento" com a adolescente por três anos. Além disso, a profissional revelou que eles se conheceram em Curitiba, durante um evento.

O site afirma que a família dela não sabia e procurou a polícia quando descobriu.

Ronaldo Manoel Santiago, advogado do ex-BBB, adiantou que vai recorrer da decisão judicial.

Laércio protagonizou um dos principais barracos da edição 2016 do Big Brother Brasil. Os dois se enfrentaram em um paredão e ele acabou sendo eliminado.

Edition: