Categoria reduzida para 2 na passagem pela Florid — Furacão Irma

Neste momento, há mais de 3,4 milhões de lares sem eletricidade e várias partes da cidade de Miami estão submersas.

As interrupções generalizadas se estendem de Florida Keys até o centro do estado. As Keys estavam sob ordem de evacuação obrigatória, mas aparentemente cerca de 10.000 pessoas se recusaram a sair, disse Bryan Koon, diretor do departamento de Gestão de Emergências da Flórida, ao Miami Herald. Descrevendo o furacão como "um grande monstro", Donald Trump elogiou as agências federais de resposta a desastres e prometeu visitar a Florida "muito em breve".

Os últimos números divulgados pelos meios locais na Florida davam conta de sete mortos, e que não figuram na lista de 12 pessoas facilitada pelo gabinete do governador, pelo que o número definitivo de vítimas naquele estado ainda pode aumentar. Quase que atingia o recordista Allen, o furacão de 1980 que chegou a ventos de 305 quilómetros por hora. "Se o Irma tivesse passado 20 milhas mais a oeste teria causado danos astronómicos".

O furacão mais poderoso já registado no oceano Atlântico, o Irma chegou a registar ventos de 298 quilómetros/horas. Da acordo com o National Oceanic and Atmospheric Administration, que mediu o nível de força enquanto ciclone, o Irma conseguiu ser o furacão com uma Energia Acumulada de Ciclone de 66.8 - seis vezes mais forte do que o Harvey, com um valor de 11.1.

Milhares de pessoas ficaram sem casa e necessitam de abrigo de emergência, sobretudo no leste das Caraíbas, segundo um levantamento da Organização Mundial de Saúde (OMS) divulgado hoje.

Nas ilhas Turcas e Caicos, um território ultramarino do Reino Unido nas Caraíbas, há suspeitas de estragos avassaladores, embora ainda não se conheça a dimensão do desastre. A tempestade parece ter excedido a força teórica máxima para um furacão em seu ambiente - uma estimativa baseada na temperatura atual da água e outras condições. Mesmo assim, as autoridades anunciaram uma morte no condado de Worth.

Edition: