Xiaomi revela o seu novo topo de gama Xiaomi Mi Mix 2

A empresa aproveitou o evento para apresentar uma série de novidades com foco em vários tamanhos e formatos, além de preços variados.

O Xiaomi Mi Mix 2, a atualização do Mi Mix, apresenta, aparentemente, tudo aquilo que é pedido num smartphone em 2017: um belo e grande ecrã infinito, isto é, sem moldura. O ecrã de 5.99 polegadas ocupa praticamente toda a parte frontal do smartphone, fazendo deste mais um dos que dispensam as margens. Ele usa uma relação de aspecto 18:9, com bordas infinitas.

A empresa chinesa afirma que o Mi Mix 2 será distribuído em mais mercados globais, ainda sem definir quais. Sua câmera de 12 MP, com uma lente única de f / 2.0. A parte traseira conta agora com um alto-falante real, onde o som é canalizado através de uma pequena fenda na borda superior. Já sabemos que vai ser equipado com um chipset Qualcomm Snapdragon 835, pois a marca confirmou esta informação, foi confirmado ainda que o sensor traseiro da câmara seria um Sony IMX386. A de 6 GB de RAM e 64 GB tem preço de 3.300 yuan (aproximadamente R$ 1.500); já a com 6 GB e 128 GB, sai por 3.600 yuan (R$ 1.700); a versão mais espaçosa com 6 GB e 256 GB por 4.000 yuan (quase R$ 1.900).

O modelo básico, com processador Core i5, 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento chegará às lojas com um preço sugerido equivalente a US$ 858; já o com Core i7, 16 GB de RAM e 256 GB de espaço interno sairá por US$ 1.073.

O aparelho será vendido em três versões.

Ao contrário do que começa a ser habitual em dispositivos topo de gama e em outros modelos da Xiaomi, o Mi Mix 2 apresenta-se "apenas" com uma câmara traseira de 12MP.

O smarpthone possui o processador Snapdragon 660 e é alimentado por uma bateria de 3.500 mAh, contando com a tecnologia de reconhecimento facial para desbloqueio rápido da tela.

A tela tem 5,5 polegadas LCD, com bordas finas e a manutenção de um botão Home. O smartphone conta com um acabamento arredondado em todas as bordas, com um acabamento em alumínio nas laterais que integra o material cerâmico com o vidro da tela. O aparelho traz 3500 mAh de bateria, com suporte a Quick Charge 3.0, e 6 GB de RAM.

O Mi Note 3 custará 2.499 yuans (R$ 1.199) para a versão de 64 GB, 2.899 yuans (R$ 1.391) para quem quiser o dobro de armazenamento, ou ainda 2.999 yuans (R$ 1.439) para a versão de 128 GB na cor azul. Porém, o dispositivo não possui entrada para cartão de memória.

Edition: