Botafogo confirma que terá quatro desfalques importantes contra o Flamengo

As equipes, modificadas pelos seus treinadores devido às competições que disputam simultaneamente com o Brasileirão - o Flamengo está na final da Copa do Brasil e nas oitavas de final da Copa Sul-Americana e o Botafogo nas quartas de final da Libertadores -, se estudavam demais. A falta de entrosamento - de novo ela - também conta, mas os dois tiveram atuação abaixo da média contra o Botafogo. Mas o jogo tem componentes emocionais extras pela recente encontro entre ambos na semifinal da Copa do Brasil, que terminou com a classificação da equipe flamenguista.

O Botafogo voltou um pouco mais agitado na etapa final e, aos 10 minutos, conseguiu abrir o placar. Gatito teve uma grande defesa e mais nada.

O Flamengo agora volta suas atenções para o jogo contra a Chapecoense, pela Copa Sul-Americana, quarta-feira (13), às 19h15 (de Brasília), na Arena Condá. O Alvinegro recebe o Grêmio quarta-feira, no Engenhão, no primeiro jogo das quartas de final do torneio. Mas Diego Alves, no reflexo, salvou o Rubro-Negro.

Éverton Ribeiro, pelo meio, como armador, na posição do titular Diego, foi quem mais deu trabalho à zaga adversária no primeiro tempo: movimentou-se, criou chances e até arriscou de fora da área, mas sem sucesso. Matheus Sávio, aos 46, também não levou perigo ao gol de Gatito.

O rival esboçou pressionar, tentou no chuveirinho e com Guerrero, sem sucesso.

O segundo tempo começou como a primeira parte do jogo: agitado.

O treinador, porém, apontou erro do sistema defensivo do Flamengo no primeiro dos dois gols de Roger para o Botafogo. Leo Valencia cobrou escanteio, Igor Rabello desviou de cabeça na primeira trave e o atacante - também utilizando a cabeça -, na segunda, aproveitou o rebote: 1 a 0. Já o Botafogo que segue vivo na briga da Libertadores, vem logo atrás em sétimo, com 31 pontos. Era apenas para dar oportunidade a outros jogadores, para que possam jogar. Aos 15, Guerrero perdeu boa chance na pequena área.

Aos 23, o Bota ampliou. Bruno Silva cruzou rasteiro, o atacante se antecipou e chutou para o fundo da meta. Arão no banco, Everton no banco, Pará nem veio, Juan nem veio para o jogo.

Edition: