"Há dias em que o melhor era ficar em casa" — Leonardo Jardim

O Mónaco foi goleado este sábado pelo Nice (4-0), num jogo para esquecer para a equipa de Leonardo Jardim.

Uma vitória do Nice que teve em Mario Balotelli a principal figura, com os dois golos que marcou, aos 6' (pen.) e 60'.

A vitória do Nice beneficiou o Paris Saint-Germain, que na sexta-feira goleou o Metz por 5 a 1 e ficou isolado na ponta da tabela com 15 pontos.

O jogo - Os atuais campeões franceses acabaram surpreendidos pelo alto ímpeto inicial apresentado pelos donos da casa.

Logo nos minutos iniciais, o Nice teve boas chances criadas pelo lado direito do campo com Jallet, até que aos cinco minutos o time da casa decidiu ser mortal. Após chance perdida de Pléa cara a cara com o goleiro em contra-ataque, Balotelli recebeu cruzamento na área e quando ia finalizar, foi puxado por Sidibé. Porém o avanço de seus jogadores abriu espaço para que o Nice pudesse explorar os contra-ataques. E na primeira destas chances, o veloz atacante Alessane Plea fez boa jogada individual e acertou um lindo chute no ângulo para ampliar o marcar. Claramente prejudicada pelo pouco entrosamento de seus novos atletas do setor ofensivo.

Para a segunda etapa, o técnico Leonardo Jardim promoveu duas alterações em sua equipe, para buscar ao menos o empate fora de casa. No entanto, as substituições não surtiram efeito e o Monaco continuou com as mesmas dificuldades para criar.

Com o placar elástico, o Monaco diminuiu ainda mais o ritmo e acabou sofrendo o quarto gol já quase no final da partida.

Rony Lopes (saiu ao intervalo) e Moutinho foram titulares e ainda viram mais um golo do Nice, aos 85 minutos, apontado por Ganago, jovem camaronês de 18 anos que fez o que quis de Subasic, antes de fechar as contas do encontro.

Edition: