Caminhada conscientiza sobre valorização a vida e prevenção do suicídio

E é já neste domingo, dia 10, a partir das 10.00 horas, no átrio do hospital de Beja, que se realiza uma cerimónia de comemoração do Dia Mundial da Prevenção do Suicídio, que será seguida do passeio de bicicleta "Juntos a pedalar".

Ainda como parte da programação do Setembro Amarelo, também está prevista uma caminhada na Ponta Negra, zona oeste de Manaus, no dia 17 de setembro, a partir das 9h, partindo do Anfiteatro. Iniciada em 2014, a campanha identifica locais públicos com a cor amarela e divulga informações sobre o assunto. - 800.000 pessoas cometem suicídio a cada ano e os meios de comunicação desempenham um papel importante na hora de informar de maneira responsável sobres estes casos e contribuir para a sua prevenção, disse hoje (5) a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Para a psicóloga Ana Carolina F. Paiva de Pina, o suicídio é um problema de saúde pública. "O fato de termos redes de serviço que acolhem e atendem pessoas com estes distúrbios, por si, já tem um efeito preventivo".

O secretário de Saúde, Marcelo Gimenez, explica que o tema ainda é um tabu, mas que precisa ser discutido pela sociedade.

O documento ainda pede aos meios de comunicação impressos e digitais que não destaquem informações sobre suicídios nas manchetes ou no topo das páginas; às televisões e emissoras de rádio, se sugere que não abram seus noticiários estes casos. A depressão é um dos fatores de risco fundamentais, e que muita das vezes não é tratada da forma como deveria, segundo João Alexandre. O objetivo é a conscientização para alertar a população a respeito do suicídio no Brasil e no mundo e suas formas de prevenção. Entre jovens de 15 a 29 anos o suicídio é a segunda causa de morte, por isso o a SES, através da Coordenação de Saúde Mental, está apoiando essa campanha, que é encabeçada pelo Centro de Valorização da Vida e pela Associação Brasileira de Psiquiatria.

Edition: