Google Drive deixa de poder ser instalado nos computadores

"Com o Drive File Team as pessoas vão passar menos à espera que os ficheiros sincronizem, não vão ter preocupações sobre o espaço restante no disco, e vão poder ser mais produtivas", explica a equipa do Google.

Se você utiliza esses clientes, a dica é baixar logo o novo sincronizador, já que o Drive para Mac/PC não terá mais suporte a partir de 11 de dezembro deste ano e deixará de existir completamente em 12 de março de 2018, conforme anunciado pela empresa. Renascerá como duas novas aplicações: Backup e Sync, para consumidores, ou Drive File Stream, para empresas.

O Backup and Sync sincroniza os arquivos de maneira mais tradicional, colocando cópias locais no seu desktop, e então fazendo backup para a nuvem. Ou seja, você não precisa manter os arquivos em um local específico, como no Dropbox ou OneDrive. A informação surgiu com o comunicado de lançamento da nova aplicação para computadores: o Drive File Stream.

A aplicação do Google Drive para utilizadores de PC e Mac, que permite transferir e guardar documentos que estão no serviço de armazenamento online da empresa, vai ser descontinuada em 2018. O Drive File Stream está em testes desde março, e será liberado para todos os clientes do G Suite em 26 de setembro.

Ou seja, como é típico do Google, agora há duas ferramentas de sincronização para o Drive, em vez de uma só.

Recentemente a Google tinha alterado a sua aplicação do Google Drive, conjugando a mesma com o Google Fotos e criando assim o "Backup and Sync".

Edition: