BCE decide sobre estímulos à economia daqui a um mês

A recente valorização do euro é "uma fonte de incerteza que requer monitorização" por parte do Banco Central Europeu, adiantou Mario Draghi, na conferência de imprensa que se seguiu à decisão sobre a manutenção das taxas de juro na reunião de política monetária do BCE que terminou esta quinta-feira.

Nessa reunião, o BCE decidiu deixar as taxas de juro inalteradas, com a taxa aplicável às operações principais de refinanciamento a manter-se em zero.

O anúncio não afetou o euro, a 1,20 dólar, enquanto a Bolsa de Frankfurt acelerou sua alta, com o índice Dax passando de +0,8% para perto de +1%, pouco depois do comunicado do BCE.

Os juros estão em seu piso histórico desde março de 2016.

De acordo com Braghi, "provavelmente" o futuro desse programa será decidido em outubro.

A entidade ainda anunciou que revisou para cima as estimativas de crescimento para a zona do euro para 2017, subindo para 2,2% contra o 1,9% anunciada anteriormente.

Já os preços ao consumo vão aumentar 1,2% em 2018, e 1,5%, em 2019, sendo 0,1 ponto abaixo do esperado até o momento.

Edition: