A astronauta Peggy Whitson bate recorde de tempo no espaço

Formada em Bioquímica, a astronauta norte-americana Peggy Whitson terminou este sábado a sua missão na Estação Espacial Internacional.

Peggy Whitson, a astronauta mais experiente dos Estados Unidos, voltou à Terra em segurança no sábado (2), dentro de uma cápsula Soyuz MS-04.

A astronauta foi a primeira mulher a comandar uma Estação Espacial e também a primeira com mais caminhadas espaciais. Membro da equipe da Nasa que vivia na Estação Espacial Internacional (ISS), Whitson esteve no espaço por 665 dias e completou 4.623 órbitas ao redor da Terra. Valeri Polyakov é quem tem o recorde de mais tempo no espaço, sem interrupções, tendo passado 437 dias e 18 horas da bordo da estação espacial de Mir.

Durante a última expedição, chamada Expedition 52, ela e mais dois astronautas, Jack Fischer e Fyodor Yurchikhin, conduziram centenas de experimentos, incluindo estudos sobre as mudanças físicas nos olhos de um astronauta causadas pelo ambiente de microgravidade e uma nova pesquisa sobre o tecido do pulmão, que fortalece o estudo a respeito das células-tronco no espaço.

Whitson, de 57 anos, passa assim a ser a astronauta, à escala mundial, com mais tempo passado no Espaço numa única missão.

O cosmonauta russo Gennady Padalka, com 879 dias de permanência no espaço, é o ser humano que passou mais tempo no espaço.

Edition: