Site pornô se oferece para dar continuidade à história de 'Sense8'

Após o cancelamento da série ser anunciado pela Netflix e fãs realizarem campanha pelo retorno da produção, as criadoras do seriado Sense8 receberam, nesta quinta-feira (17), uma proposta inusitada para a realização de uma terceira temporada. Mas os fãs querem mais e as Wachowski também.

O xHamster atualmente é um dos mais acessados da internet.

Nunca pensei que alguma vez iria citar o nome de um site pornográfico aqui no Cubo Geek, mas faz todo o sentido que o cite numa notícia sobre Sense8.

Nós estamos felizes que a Netflix está planejando fazer a conclusão da série, mas antes de vocês terminarem a história, nós gostaríamos que considerassem outra opção: deixar o xHamster produzir a série. "As cartas apaixonadas, petições, a voz coletiva que se levantou como o punho da Sun para lutar por essa série foram além do que qualquer um poderia esperar", escreveu ela, agradecendo o apoio recebido. Mas que é invulgar, lá isso é!

Se isto realmente for à frente, todos nós temos a perfeita desculpa para andar em sites pornográficos...

Não te importavas de ver Sense8 num site pornográfico? Enquanto estamos felizes que a Netflix decidiu dar um final pra série, antes de vocês concluírem a história, nós queremos que vocês considerem outra opção - deixem que o xHamster produza a série. Ainda não sabemos por qual plataforma a empresa de conteúdo adulto espera exibir a série, mas ficou claro que não se trata de uma simples paródia pornô, mas sim de uma terceira temporada de fato.

E continua: "O XHamster tem uma longa trajetória de luta a favor dos direitos e do discurso sexual não-normativo" e chama a atenção para o posicionamento público da empresa contra políticas anti-LGBT dos EUA e à favor da paternidade planejada, da educação sexual em escolas públicas e pelos direitos dos trabalhadores sexuais. Nós temos mais visitantes diariamente que o The New York Times, a ESPN ou o Daily Mail.

Sabemos que uma série sobre esse tipo de diversidade é difícil de se vender em um lugar mainstream como a Netflix. E nós não temos as mesmas limitações, e também entendemos implicitamente a interligação das sexualidades além dos limites. Porém, há cinco anos, as pessoas riram da ideia de que a Netflix poderia produzir uma série original. Diferente da Netflix, vocês não estariam competindo por uma parte do orçamento - ele seria de vocês.

"Nós também temos a disposição".

Nós gostariamos de marcar um encontro e ver se podemos nos encaixar no futuro de Sense8. Nós achamos que nossa hora, como a sua, chegou. Sabemos que somos uma casa improvável.

Edition: