Sport x Ponte Preta, assista aos melhores momentos — Campeonato Brasileiro

Na Ilha do Retiro, o Sport até dominou a posse de bola (66%), mas não conseguiu tirar o placar do zero contra a Ponte Preta.

Com o resultado, o Sport alcança os 29 pontos, empatando com o Flamengo, mas os clube pernambucano assume a quinta colocação por ter uma vitória a mais no torneio. A Ponte, por sua vez, vai aos 24 pontos e está na 14ª posição.

Ambas as equipes voltam a atuar pelo Campeonato Brasileiro no próximo domingo, às 16h (horário de Brasília).

Pela 21.ª rodada, no próximo domingo, às 16 horas, o Sport encara o Cruzeiro, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte.

Apesar de o Leão ter entrado em campo empurrado pela torcida, foi a Ponte Preta que criou a primeira chance de gol da partida.

Logo no primeiro minuto de jogo, Lucca recebeu pela esquerda, disparou, fintou o marcador e bateu na saída de Magrão, que foi preciso e evitou o gol dos visitantes. A melhor oportunidade foi para os donos da casa. Com uma marcação forte e postura ofensiva, o Sport começou a criar suas chances. O mandante não deu um chute sequer na direção do gol adversário. A Ponte se arriscava pouco e não permitia espaços ao Sport. Não demoraria muito para Magrão ter trabalho também.

Aos 24 minutos, Diego Souza cobrou falta por cima da barreira e a bola estourou no travessão do goleiro Aranha. Aranha saiu do gol para cortar o lance, errou e a bola sobrou para o atacante cabecear. Pelo meio, André recebeu a bola e mandou para Diego Souza, que acabou perdendo ao se embolar com o zagueiro Rodrigo.

O primeiro tempo foi basicamente um duelo de ataque contra defesa.

Na sexta colocação e buscando a permanência no G6, o Sport tem como destaque o atacante André, que marcou nove gols na competição, e o técnico Vanderlei Luxemburgo, que está desfalcado do lateral Samuel Xavier.

A provável escalação do Sport deve ser: Magrão; Raul Prata, Ronaldo Alves, Henríquez (Durval) e Mena; Rithely, Patrick, Éverton Felipe; Diego Souza, André e Lenis (Osvaldo).

PONTE PRETA: Aranha; Jeferson, Rodrigo, Luan Peres e Danilo Barcelos; Naldo, Jadson (Wendel 18'2ºT), Jean Patrick (Felipe Saraiva 28'2ºT) e Léo Arthur; Lucca e Maranhão (Nino Paraíba 2ºT).

Edition: