Inundações e deslizamentos de terra fazem pelo menos 25 mortos no Nepal

De acordo com o porta-voz da força policial Pushkar Karki, 47 pessoas morreram e outras duas dúzias não foram localizadas. - O número de mortos provocados pelas inundações e deslizamentos de terras no Nepal subiu para 34, enquanto o de desaparecidos se situa em 36 em todo o país, onde se teme que aumente o saldo de vítimas, informou neste domingo à Agência Efe uma fonte oficial.

Cerca de 31.000 famílias tiveram de ser transferidas, adiantou. A corporação afirmou que o nível das águas superou postes de telefones e linhas de distribuição de energia elétrica, cortando a comunicação e a eletricidade em diversas localidades.

Em Biratnagar, cidade do leste do país, o aeroporto foi fechado depois que a pista de decolagem ficou submersa a mais de meio metro de água. O Departamento de Hidrologia e Meteorologia do Nepal alertou que as precipitações persistirão até segunda-feira, 14, nas regiões central e oeste do país.

Elefantes ajudam no resgate. Alguns hotéis abrigaram seus hóspedes para acomodações em pisos superiores para evitar os efeitos das inundações.

Na vizinha Índia, pelo menos 17 pessoas morreram, e dezenas continuam desaparecidas, após um deslizamento de terra que arrastou dois ônibus para um precipício O governo convocou uma reunião de emergência para examinar a situação e possivelmente declarar estado de calamidade nas áreas afetadas.

Edition: