Netflix negocia com a Disney manter algumas franquias no acervo

- Ainda estamos em discussões ativas com a Disney sobre a chance de garantir um acordo para manter os direitos de transmitir lançamentos de Marvel e Lucasfilm após 2019 - explicou o executivo.

O chefe de conteúdo da Netflix, Ted Sarandos, confirmou as negociações e disse que a entrada da Disney nesse segmento já era esperada.

"É por isso que entramos nas produções originais há cinco anos, antecipando que talvez não seja tão fácil conversar com estúdios e redes para licenciar seu conteúdo", acrescentou Sarandos.

Os títulos da Marvel que poderiam continuar na Netflix incluem Vingadores: Guerra Infinita, Homem Formiga, Capitão América, o volume 4 de Vingadores e os futuros Homem-Aranha e Guardiões da Galáxia 3.

Filmes da Marvel e da franquia Star Wars são realmente valiosos para a Netflix, aparentemente.

O novo serviço da Disney se tornará o canal exclusivo nos Estados Unicos para filmes e animações do estúdio e da Pixar.

A Disney abalaou o mercado de VOD (Video On Demand) anunciando o lançamento da sua própria plataforma de streaming nos EUA em 2019. Sem contar que terá todo o seu acervo, que reúne filmes da Pixar e programas do Disney Channel, Disney Junior e Disney XD.

Então, por aqui, tudo continua como está.

Vale lembrar que caso a separação aconteça de forma total, isso pode afetar a parceria da Marvel com a Netflix, atrapalhando os acordos envolvendo as séries dos heróis Demolidor, Jessica Jones, Luke Cage, Punho de Ferro e Os Defensores.

Edition: