Após cinco meses desaparecido 'menino do Acre' volta para casa

Ele já não vai ficar mais em casa, tem muita gente vindo aqui.

Após quasee cinco meses desaparecido, o estudante de psicologia Bruno Borges, de 25 anos, retornou para casa, em Rio Branco (AC), na manhã desta sexta-feira (11). "Ele vai ficar em outro lugar", contam. "Isso é tudo que podemos falar", ressalta. A informação confirmada pelo pai do jovem, o empresário Athos Borges, ao G1 Acre.

Antes do desaparecimento, Bruno Borges deixou 14 livros escritos à mão e criptografados, alguns copiados nas paredes, teto e no chão do quarto. O caso do rapaz tomou proporções nacionais quando ele simplesmente sumiu de casa deixando para trás apenas uma série de livros e um quarto pra lá de 'interessante'. "Mas, ele deixou a chave", disse a mãe, à época. Athos Borges acrescentou que está com o jovem na capital do estado. Decifrar os símbolos é objeto de preocupação dos pais. O primo de Bruno, o oftalmologista Eduardo Veloso afirmou ainda à reportagem da Rede Amazônica que deu a Bruno R$ 20 mil. Ele teria pedido o dinheiro alegando que tinha algo muito importante para investir e que mudaria a vida das pessoas. A obra foi lançada no final de junho e foi uma das mais vendidas do país. Ele sabe o que ele fez. Erudito, com interesse pela filosofia, a família acredita que Bruno tenta continuar trabalho do teólogo Italiano Giordano Bruno (1548-1600), por quem o estudante tem grande interesse. De acordo com ranking é do site PublishNews, o livro entrou para a lista "não ficção" dos mais vendidos da semana, entre 24 e 30 do mês passado.

Edition: