Câmara de Vila Real aciona Plano de Emergência Municipal — Incêndios

A autarquia de Vila Real ativou o Plano de Emergência Municipal na sequência do forte incêndio que rodeia a Serra do Alvão, em Vila Real, e que concentra mais de 400 operacionais.

É ainda dito que a "ligeira melhoria das condições climatéricas tem permitido que a situação no terreno evolua favoravelmente".

O alerta para o incêndio foi dado às 16:27 de quarta-feira, junto à aldeia de Paredes, e rapidamente se propagou devido ao precisamente ao vento muito forte. Esta manhã, o combate às chamas será reforçado com o uso de dois meios aéreos.

Rui Santos disse que ainda é cedo para fazer balanços da área ardida, mas adiantou que "um conjunto muito grande de floresta ardeu".

Durante a noite, cinco bombeiros e um civil ficaram feridos ligeiramente, devido a queimaduras, uma queda e inalação de fumo.

O presidente da Câmara de Vila Real perspetiva uma "noite longa" devido ao incêndio.

O fogo aproximou-se de várias aldeias das freguesias de Adoufe, Borbela e Lordelo.

No distrito de Vila Real, segundo a Proteção Civil, estavam ativos, pelas 13:00, outros incêndios em Alijó, Santa Marta de Penaguião e Montalegre.

Edition: