Mazda anuncia motor de combustão 20 a 30% mais eficiente

Chegarão ao mercado em 2019.

No caso destes novos motores, que se inserem na categoria de motor de compressão de carga homogénea (HCCI, na sigla inglesa), a gasolina é detonada por compressão, eliminando a necessidade de velas de ignição como acontece nos motores a gasolina - ainda que estas sejam usadas em algumas situações, como a baixas temperaturas - o que faz com que, em matéria de eficiência, os motores sejam equiparáveis aos Diesel.

Fabricante automóvel japonês responsável, entre outros feitos, pela divulgação do motor rotativo de combustão interna Wankel, a Mazda acaba de dar a conhecer a sua nova estratégia em termos de desenvolvimento tecnológico para os anos vindouros, a que deu o nome de "Sustainable Zoom-Zoom 2030" ("Zoom-Zoom Sustentável 2030"). Isto significa que necessitará de utilizar apenas metade do combustível para o mesmo processo de combustão.

Com esta tecnologia, a que a Mazda chamou de "Spark Controlled Compression Ignition", os engenheiros da marca nipónica conseguiram ultrapassar dois dos obstáculos que impediam a comercialização dos motores a gasolina com ignição por compressão: "maximizando a área em que a ignição por compressão é possível e garantindo uma transição perfeita entre a ignição por compressão e a ignição por faísca".

O objetivo da Mazda é reduzir, até 2030, a média corporativa em termos de emissões de dióxido de carbono "well-to-wheel" para 50 por cento face aos níveis de 2010, alcançando uma redução de 90 por cento em 2050. No plano está incluída a introdução, a partir de 2019, de veículos eléctricos e de outras tecnologias de propulsão elétrica em regiões que recorrem a uma elevada proporção de energias limpas e produção de electricidade, ou que restringem a circulação de certos veículos, como forma de reduzir a poluição atmosférica.

Segundo a montadora japonesa, o Skyactiv X será de 20% a 30% mais eficiente que seu modelo atual.

Quanto ao motor SKYACTIV-X, a sua primeira apairção está marcada para dentro de dias, no Salão de Frankfurt, através do protótipo da próxima geração do Mazda3, que será lançada em 2018. A tecnologia de condução autónoma deve ser um standard em todos os modelos da Mazda em 2025.

Edition: