EUA sancionam mais políticos da Venezuela, incluindo irmão de Chávez

O governo dos Estados Unidos anunciou mais sanções contra a Venezuela.

Os Estados Unidos adotaram noas sanções econômicas contra oito políticos venezuelanos ligados à criação da controvertida Assembleia Constituinte do presidente Nicolás Maduro, incluindo um irmão do falecido presidente Hugo Chávez.

As novas medidas anunciadas pelo Departamento do Tesouro irão congelar ativos das pessoas afetadas, além de proibi-las de viajar para os Estados Unidos e vetar norte-americanos de fazer qualquer tipo de negócio com elas.

- O presidente Maduro criou esta Assembleia Constituinte ilegítima para ampliar seus poderes ditatoriais - afirmou o secretário do Tesouro americano Steven Mnuchin.

Além de Adan Chávez, são alvo das sanções os constituintes Francisco Jose Ameliach Orta, Erika del Valle Farias, Carmen Teresa Melendez Riva, Ramon Dario Vivas Velasco e Hermann Eduardo Escarra Malave.

Autoridades dos EUA disseram que essa nova rodada de sanções não inclui medidas contra o setor petroleiro da Venezuela.

Edition: