Amazonino e Braga devem fazer segundo turno no Amazonas

Os candidatos Amazonino Mendes (PDT) e Eduardo Braga (PMDB) foram os mais votados no 1º turno das eleições suplementares do Amazonas neste domingo (6) e, por isso, farão o 2º turno no próximo dia 27 de agosto.

Rebecca Garcia (PP) ficou em terceiro lugar, com 18% e 257 mil votos, seguida por José Ricardo (PT), com 12% e 175 mil votos. Do total de 2,3 milhões de eleitores, a abstenção foi de 24,35 por cento, enquanto 15,82 por cento votaram branco ou nulo. Iniciou sua vida política em 1983, quando foi eleito prefeito de Manaus.

A eleição suplementar no Amazonas foi convocada em maio deste ano depois que o TSE cassou o mandato de José Melo e de seu vice, Henrique Oliveira, por compra de votos na eleição de 2014. Em 1991 e em 1992 foi senador.

O candidato a vice-governador Bosco Saraiva (PSDB) afirmou que as conversas com os outros candidatos vão seguir as diretrizes da campanha do primeiro turno.

Na ocasião, a Corte Eleitoral determinou ao Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) que realizasse nova eleição direta para os cargos.

O senador Eduardo Braga nasceu em Belém, no Pará, e é engenheiro.

Já foi deputado estadual e federal, governador do Amazonas em dois mandatos e vice-prefeito de Manaus. O vice de Braga é Marcelo Ramos, do PR.

Edition: