PRF registra aumento de 72% de vítimas durante operação férias deste ano

A Polícia Rodoviária Federal divulgou o balanço final da Operação que compreende o período de férias escolares, de 1º de julho a 31 de julho, nas rodovias federais que cortam o estado do Piauí.

De acordo com os dados, 19 pessoas morreram nas rodovias piauienses.

O relatório aponta que no mês de julho 135 acidentes (80 acidentes com feridos, 18 com mortos) foram registrados. Dos 151 acidentes registrados, mais da metade ocorreram na rodovia BR-316, sendo que 55 aconteceram no trecho entre o complexo do entroncamento, em Belém, e o município de Benevides.

As principais causas de acidentes foram: falta de atenção do condutor, falta de atenção do pedestre, não guardar distância de segurança do veículo à frente, ingestão de álcool e ultrapassagens indevidas. Segundo a PRF, foram 17 acidentes que deixaram 20 pessoas feridas na estrada que liga a cidade de Gilbués à Corrente, no sul do Piauí.

Segundo o inspetor Jonas Mata, foram realizados 4.167 testes de alcoolemia, 4.010 pessoas foram abordadas em campanhas educativas referente ao cinema rodoviário, 12.432 veículos foram fiscalizados como também 13.348 pessoas fiscalizadas. Outras 87 pessoas foram autuadas por alcoolemia e 19 delas presas. A PRF fez 250 autuações de condutor ou passageiro de motocicleta trafegando sem capacete, 254 autuações de condutor ou passageiro sem cinto de segurança e 54 de crianças viajando sem usar a cadeirinha.

Com relação às ocorrências criminais, 71 pessoas foram presas, cinco armas foram apreendidas, Foram apreendidos ainda 256 quilos de maconha e 7 quilos de crack.

Edition: