Intérprete de Zé Pequeno lamenta que colega de "Cidade Deus" tenha entrado para o crime: "Fez sua escolha"

Após atuar em um dos maiores sucessos do cinema brasileiro, Ivan também passou a ser procurado por chefiar o tráfico de drogas na favela da Zona Sul do Rio.

Em uma das fotos emblemáticas do longa-metragem - usada para estampar a capa do filme - Ivan aparece perto de Zé Pequeno, interpretado pelo ator Leandro Firmino da Hora e um dos protagonistas.

Em 2012, Ivan participou de um documentário sobre os dez anos do filme "Cidade de Deus". "Mas sempre que ouço essas histórias, fico muito triste por saber que uma pessoa como ele não soube fazer boas escolhas na vida", disse. De alguma forma, todo mundo que participou do filme teve uma oportunidade de seguir por um caminho do bem. Mas aí existe essa questão da perseverança e da estrutura familiar. "Mas sem maldade, os menor não tem idade pra encara suas dificuldades / Então respire fundo, pra viver nesse vidiga é o mundo / Tem que ter conhecimento e estudo / Porque se a vida é um livro, mano, eu quero ler tudo", diz a letra.

Além de ser suspeito de matar um policial militar no último domingo (23), no Morro do Vidigal, o jovem pode ser o responsável por extorquir motoristas de kombis na comunidade há pelo menos três anos. À polícia, ele contou que o pedido de extorsão às vítimas era a mando de Ivan, mais conhecido como Ivanzinho da Rocinha ou Ivan, o Terrível.

Edition: