Morre Martin Landau, que ganhou o Oscar por papel em 'Ed Wood'

Nem bem o público cinéfilo se recuperou da morte de George A. Romero, mais uma péssima notícia: Martin Landau morreu aos 89 anos de idade. O ator faleceu no último sábado (15) após uma parada cardíaca no hospital UCLA Medical Center, em Los Angeles.

Nascido no Brooklyn (Nova York) no dia 20 de junho de 1928, Landau trabalhou como desenhista no jornal "New York Daily News" antes de começar a sua carreira como ator.

Amigo de Steve McQueen e de James Dean, estreou-se no cinema em 1959, no filme "Os Homens Morrem Assim", mas a sua rampa de lançamento foi o papel em "Intriga Internacional", do realizador Alfred Hitchcock. Ele chegou a ser cogitado para interpretar o Mr. Spock em "Jornada nas Estrelas", mas, acabou indo parar em outro sucesso televisivo: "Missão Impossível", onde interpretou o mestre dos disfarces, Rollin Hand.

Na década de 70, Martin Landau e a mulher, Barbara Bain, brilharam na série de ficção científica "Espaço 1999".

Ator americano levou prêmio de melhor ator coadjuvante por "Ed Wood", de 1994, filme de Tim Burton.

Em 1988 trabalhou com Francis Ford Coppola em Tucker - Um Homem e Seu Sonho, papel que lhe rendeu sua primeira indicação ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante e foi mais uma vez indicado para premiação por Crimes e Pecados, de Woody Allen.

Além de uma extensa carreira no cinema e na televisão, Landau ainda foi professor do famoso Actors Studio, onde deu aulas para lendas da atuação como Jack Nicholson e Anjelica Huston.

Edition: