Sem Game of Thrones, Emmy terá briga acirrada entre HBO e Netflix

A série mais premiada da história do Emmy, "Game of Thrones", poderá finalmente encontrar uma sucessora para o seu reinado a partir desta quinta-feira (13), quando serão divulgadas as novas indicadas para a cerimônia de entrega dos prêmios mais importantes da televisão. Stranger Things e Feud aparecem em seguida, com 18 indicações. Com a ausência de Game of Thrones, já que o Emmy 2017 só considera produções exibidas entre junho de 2016 e maio de 2017, HBO e Netflix acabaram ficando com números mais próximos neste ano. Evan Rachel Wood está ocupando a cota HBO, e pelo que parece a disputa aqui fica de novo entre The Handmaid's Tale e The Crown.

Tanto Stranger Things quanto The Crown vão brigar pelo principal prêmio da noite.

Na categoria "melhor série de drama", concorrem "Better Call Saul", "The Crown", "The Handmaid's Tale", "House of Cards", "Stranger Things", "This is Us" e "Westworld".

A luta promete ser acirradíssima nas categorias de minisséries.

Pode ir pra Veep ou pra Modern Family (que ninguém aguenta mais), mas se as coisas fossem como devem ser então o prêmio iria pra Unbreakable Kimmy Schmidt ou pra Atlanta, que tem nossa torcida oficial.

Melhor atriz em série limitada Carrie Coon - Fargo; Felicity Huffman - American Crime; Nicole Kidman - Big Little Lies; Jessica Lange - Feud; Susan Sarandon - Feud; Reese Witherspoon - Big Little Lies.

Mais que difícil será impedir o sexto Emmy consecutivo de Julia Louis-Dreyfus ("Veep"), que possivelmente enfrentará Ellie Kemper ("Unbreakable Kimmy Schmidt"), Lena Dunham ("Girls"), Tracee Ellis Ross ("Black-ish") e Lily Tomlin ("Grace and Frankie") pelo prêmio de melhor atriz em série de comédia. Neste ano, a premiação acontece no dia 17 de setembro, e será transmitida pelo canal TNT.

Edition: