Pelo menos 140 mortos em incêndio de camião cisterna — Tragédia no Paquistão

Ao menos 153 pessoas morreram queimadas neste domingo após a explosão de um caminhão-tanque que transportava combustível na região central do Paquistão. Muitas das vítimas tentavam pegar a gasolina do veículo, que havia tombado pouco antes. As pessoas feridas terão sido transportadas para hospitais e para as cidades mais perto para serem tratados, algumas em estado crítico, com as autoridades a anteciparem um aumento do número de mortos nas próximas horas.

O caminhão carregado com 40 mil litros de combustível tombou em uma estrada a 600 km da capital Islamabad, próximo à cidade de Bahawalpur. Equipes de resgate disseram que cerca de 80 pessoas foram feridas. Dezenas de veículos acabaram sendo tomados pelo fogo, incluindo 75 motocicletas e quatro automóveis. Muitos deles estavam presos no trânsito gerado após o capotamento. O desastre ocorreu na véspera do feriado muçulmano de Eid al-Fitr, que marca o fim do mês de jejum do Ramadã.

"As pessoas do local e quem passava por perto começaram a coletar o combustível quando ele explodiu, queimando todos", disse à Reuters o porta-voz do governo provincial, Malik Muhammad Ahmed Khan.

A segurança nas estradas do país é precária por conta do péssimo estado das rodovias, da falta de manutenção dos veículos e da imprudência dos motoristas. os acidentes são comuns.

A gasolina é um produto valioso no Paquistão, onde mais de 60% dos moradores vive com menos de US$ 3 (cerca de R$ 10) por dia, de acordo com dados do Banco Mundial.

Edition: