Árbitro eslovaco dirige decisivo jogo de Portugal frente à Macedónia

A Macedónia só pode alcançar os quatro pontos, isto em caso de vitória, por isso pode entrar em campo já eliminada, caso a terceira jornada do grupo A (jogada esta quinta) dite que o segundo classificado faça mais pontos. A formação de Rui Jorge segue neste momento com 3-3 em golos e, por isso, sabe que terá de vencer pelo menos por 4-1 para deixar os eslovacos para trás (terminando com 7-3 na diferença de golos). Um 3-0 diante dos macedónios não chega, na medida em que Portugal perde no quarto fator de desempate, a disciplina. Neste parâmetro, a equipa das quinas, com sete amarelos, é a pior entre as que podem terminar em segundo.

Os eslovacos fecham a fase de grupos com 6 pontos e complicam as contas de Portugal para conseguir ser o melhor segundo classificado desta fase de grupos, que terá direito ao derradeiro bilhete para as meias-finais. Os germânicos lideram com seis pontos, seguindo-se checos e italianos com três pontos.

Os golos da interessante partida foram marcados pelo médio Martin Chrien (aos 5 minutos), pelo avançado Jaroslav Mihálik (aos 22 minutos) e pelo defesa Lubomír Satka (à passagem do minuto 73).

Edition: