Diego Costa avalia jogar no Brasil diante de indefinição no Chelsea

O futuro de Diego Costa segue indefinido. O atacante revelou, na última semana, que Antonio Conte lhe disse que não conta com ele para a próxima temporada, e que com isso, ele deverá se transferir. O Milan aparece como um provável destino do jogador, mas desde janeiro, muitos veículos noticiam que o atacante deve voltar ao Atlético de Madrid ou ir para o futebol chinês.

De momento, o Atlético espera por um pronunciamento do Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) para se pronunciar sobre a possibilidade de contratar nesta janela de transferências. Entre os países citados como opção para o atacante brasileiro naturalizado espanhol foi a sua terra natal.

"Tenho contrato com o Chelsea por dois anos. Se eles me vendem, vou procurar a melhor opção", disse o hispano-brasileiro, em declarações publicadas pelo jornal espanhol "Mundo Deportivo" e para emissora britânica "Sky Sports". Sabemos que o Atlético de Madrid é uma das opções. "O Atlético está entre elas, não significa que não vou jogar, eles podem me emprestar a algum time na Espanha, no Brasil, que seja, mas tenho que jogar".

O que Diego Costa descartou, por outro lado, é uma transferência para a China.

"Claro que eu descarto a China, eu tenho que pensar na Copa do Mundo". Penso em jogar a Copa do Mundo. "Mas há várias formas de fazer e dizer as coisas", referiu, após a vitória da Espanha, por 2-1, diante a Macedónia, em jogo de qualificação para o Mundial 2018.

Edition: