Inter é denunciado por falsificação e será julgado pelo STJD

O Internacional vai mesmo para o banco dos réus na Justiça Desportiva.

O Internacional e Vitorio Píffero, ex-presidente do clube, foram denunciados pelo STJD por adulteração dos documentos no caso Victor Ramos.

O Internacional de Porto Alegre foi denunciado pelo STJD no caso Victor Ramos e acabou enquadrado no artigo 61 do Código Disciplinar da Fifa, que tem como punições possíveis a exclusão de competições, o veto para contratar jogadores e o pagamento de multas. O clube foi denunciado pelo uso de documento falsificado e será julgado na próxima terça-feira pelo STJD, a partir das 15h. Até porque a OAB fez forte oposição à denúncia contra os defensores do clube.

O inquérito conduzido pelo auditor Mauro Marcelo de Lima e Silva concluiu que o Inter não foi o responsável por adulterar os e-mails apresentados, no entanto, fez uso dos documentos modificados para provar que o Vitória escalou Victor Ramos de forma irregular no Campeonato Brasileiro de 2016. O inquérito traz ainda que o responsável pelas alterações nas conversas foi o empresário do jogador. No mais, caberá ao Tribunal avaliar a conduta.

Edition: