João Semedo já não é candidato à CM Porto

O Bloco de Esquerda acaba de anunciar a retirada da candidatura de João Semedo à Câmara do Porto. João Semedo, que explicou não sentir-se fisicamente capaz de aguentar a longa maratona de pré-campanha e campanha eleitorais, passa a ser o candidato do Bloco de Esquerda à Assembleia Municipal do Porto. João Semedo mantém-se envolvido no processo eleitoral, mas como candidato do Bloco à Assembleia Municipal do Porto. O nome do ex-coordenador obteve 76% de votos favoráveis, 17% de votos contra e 7% de votos brancos.

Recorde-se que em 2015, também por motivos de saúde, João Semedo renunciara ao mandato de deputado, tendo então superado um cancro da laringe.

Perante a necessidade imediata de tratamento, Semedo acrescentou necessitar "de interromper agora" a corrida ao Porto e que dá "por concluída essa candidatura e essa atividade".

"Essa é a boa notícia que vos trago hoje, é que a campanha vai continuar com mais força, projectando-se mais, alargando-se mais e, chegando ao dia 1 de Outubro, cumprindo esse objetivo", concluiu.

Em conferência de imprensa, João Semedo comunicou a impossibilidade de continuar a encabeçar o projeto autárquico do Bloco no Porto, por motivo de doença. João Teixeira Lopes também esteve presente.

João Teixeira Lopes, por sua vez, afirmou a importância da "continuidade do projeto construído até aqui". O Bloco de Esquerda nunca elegeu um vereador no Porto.

Na conferência de imprensa marcou também presença a coordenadora do Bloco de Esquerda.

A lista para a Assembleia era liderada por João Teixeira Lopes, pelo que a troca do primeiro nome não implica mais mudanças.

Diretor de Departamento de Sociologia da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, João Teixeira Lopes tem 47 anos e uma carreira dedicada à Sociologia, área em que se licenciou em 1992. Para além de todas as diferenças de opinião a sua coerência e afabilidade tornaram João Semedo um cidadão e um político respeitado em todos os quadrantes da vida da cidade e do país.

Edition: