Surgiram novas informações acerca da morte da princesa Diana

O mais recente livro sobre a morte da princesa Diana chega estas semanas às livrarias francesas. 'Qui a tué Lady Di' é da autoria de Pascal Rostain, Bruno Mouron e Jean-Michel Caradec'h, e pretende desmentir todas as teorias que surgiram acerca da morte da princesa. Segundo os mesmos, a causa do acidente terá sido o excesso de velocidade a que o motorista circulava, devido ao álcool e anti-depressivos que tinha tomado antes de viagem.

Era um Mercedes S280, propriedade do hotel Ritz, de Paris, onde Diana e Dodi Al-Fayed estavam alojados e, escrevem os jornalistas, não estava em condições de ser conduzido. Já tinha tido problemas e várias avarias. "A partir dos 60 km por hora era impossível controlá-lo", referem.

A investigação jornalística resulta de uma análise às mais de 8000 páginas da dados recolhidos pelas autoridades britânicas.

Edition: