Enem: candidatos com isenção negada têm até 25 de junho para recorrer

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado Federal quer explicações do ministro da Educação, Mendonça Filho, sobre as dificuldades impostas para isenção do pagamento da taxa de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017.

O pagamento pode ser feito em qualquer agência bancária ou dos Correios e em casa lotérica. Os candidatos devem estar atentos aos horários estabelecidos pelas instituições onde realizarão o pagamento.

Em requerimento aprovado no último dia 23, a senadora Fátima Bezerra reivindica, ainda, a prorrogação das inscrições, que foram encerradas na última sexta-feira (19), e a desburocratização do processo de isenção da taxa de inscrição.

Devem pagar a taxa aqueles que não se enquadraram nos critérios de isenção e que, na hora da inscrição tiveram um Guia de Recolhimento da União (GRU) gerado. A assessoria do Inep informou que irá divulgar o balanço geral de inscritos no dia 30 de maio, após a conferência dos dados de todos os candidatos e o processamento do pagamento das taxas. O órgão recomenda aos inscritos acompanharem a situação por meio da "Página do Participante".

Quem tiver dúvida pode entrar em contato com o INEP pelo telefone 0800 616161 ou pelas Redes Sociais.

A edição anterior do Sisu foi realizada em janeiro de 2017, quando o Ministério da Educação distribuiu pelo sistema 238.397 vagas em 131 instituições, entre universidades federais, institutos federais e instituições estaduais.

As provas serão aplicadas em todo o Brasil em dois domingos consecutivos, nos dias 5 e 12 de novembro. Pelo Sisu, os participantes concorrem a vagas em instituições públicas de ensino superior com a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

O ritmo de inscritos no último dia aumentou: só nas últimas sete horas (entre as 8h e as 15h), mais de 510 mil pessoas fizeram seu cadastro no site. A expectativa da pasta é chegar a pelo menos 7 milhões de inscritos.

Edition: