Massa alerta Max: "Cuidado, você ainda correrá no Brasil"

Depois de ter seus canais de mídias sociais invadidos por comentários de brasileiros indignados por uma declaração feita após a classificação para o GP do Bahrein, Max Verstappen emitiu comunicado nesta segunda-feira (17) desculpando-se pelo ocorrido.

Massa não gostou e reagiu já depois da corrida deixando um aviso ao colega de profissão."Cuidado com o que dizes porque ainda vais ter de correr no Brasil".

Ele teve uma declaração no mínimo infeliz quando reclamou que o Felipe Massa o atrapalhou em uma volta e dizia: 'Também não adianta falar com brasileiro'. Tudo começou no sábado, depois da qualificação, quando o holandês se atirou a Felipe Massa, por entender que o piloto da Williams o havia prejudicado. "Cuidado com o que você fala".

"E em segundo lugar, ele não sabia mesmo do que estava a falar porque eu nem o atrapalhei".

"Fiquei muito desapontado com a minha prestação na última volta e tive uma reação emocional que foi tirada do contexto". Peço desculpa a todos que se sentiram ofendidos e espero, ansiosamente, voltar a correr no vosso país. "De modo algum quis insultar o povo brasileiro, que eu respeito muito e que sempre me trata muito bem quando eu visito o País", escreveu.

"Um dos destaques da minha carreira foi o GP do Brasil o ano passado, e foi muito especial fazer isso em um País que teve lendários pilotos, como Senna, Fittipaldi e Piquet". Talvez eu fosse o gato por ele não ter conseguido largar à frente do companheiro dele. "Alguém tinha de ser o culpado da situação", referiu Massa, em declarações ao site brasileiro UOL.

E deu-lhe mais uma explicação: "Disse-lhe Aconteceu a mesma coisa entre mim e o Hulkenberg. Se não conseguires, a culpa é tua", disse o veterano piloto brasileiro.

Max virou xodó da torcida brasileira em Interlagos, quando movimentou o último GP do Brasil com uma performance irretocável.

Edition: