'Kikas' perde nos 'quartos' e fica em quinto na terceira etapa

Uma boa maneira de chegar para a próxima etapa, que será disputada no Brasil, entre os dias 9 a 20 de maio, em Saquarema (RJ).

Além de Caio Ibelli, outros três brasileiros competiram no último dia em Bells Beach.

O surfista de Cascais, 25 anos, só foi afastado da competição nos quartos-de-final, contra o brasileiro Caio Ibelli, ficando assim em 5º lugar e amealhando 5200 pontos.

Já Filipinho, que disputou a terceira bateria com o também brasileiro Adriano de Souza, contou com uma penalização sobre o havaiano Ezekiel Lau para fechar na primeira colocação com 15,67. No finalzinho, fiz minha melhor onda e quando falaram que a última do vermelho tinha sido 9,63 eu vibrei, mas dez segundos depois ouvi, nota do azul, 9,77, aí eu precisava de outro nove. Os dois deram um show nas ótimas direitas, mas o título ficou com o vice-líder do ranking pelo placar de 18,90 a 17,46 pontos.

Nas quartas de final, Caio Ibelli voltou a fazer sua parte despachando o português Frederico Morais.

Durante a quarta fase, a World Surf League vai avaliar a possibilidade de promover as baterias dos rounds 5 e quartas de final na sequência. Enquanto Adriano de Souza "Mineirinho" e Filipe Toledo pararam nas quartas de final, Wigolly Dantas finalizou a etapa com a nona colocação.

Nesta ronda sem eliminação, o australiano Mick Fanning vai defrontar os havaianos John John Florence, campeão do mundo e líder do 'ranking', e Sebastian Zietz. Com um começo de temporada irregular, Gabriel Medina (8.750) ocupa o 11º lugar. Filipe Toledo, sexto colocado geral com 12.200 pontos, teve uma eliminação com direito a polêmica em Bells.

"Quando eu era um pivetinho, o Jordy (Smith) já tava fazendo sessões de vídeo, então todas essas coisas somam e criam esse momento único que estou vivendo hoje (quarta-feira)".

Edition: